Discutível Perfeição: CAMPO DE TRIGO

ÚLTIMOS POSTS









sexta-feira, 30 de novembro de 2018

CAMPO DE TRIGO


Eu estava deita em minha cama remoendo pela milésima vez os mesmos acontecimentos. Tudo estava de ponta cabeça, um verdadeiro caos. Nada era como antes, a cada dia eu me olhava no espelho e a imagem refletida estava mais irreconhecível. Quando essa garota tomou meu lugar? Indagava pra mim mesma, no entanto só sentia dores cada vez mais fortes em meu peito. Minhas forças estão arruinadas e minha esperança pela primeira vez em anos, submergia. O medo havia me dominado de tal forma que nada mais tinha um significado. Destruídas; acho que essa palavra descreve bem minhas emoções. Nada mais fazia sentido nesse planeta maluco, minha vontade de desistir tornava-se mais forte a cada minuto. Bases quebradas, sonhos frustrados. Como recuperar alguém que esta totalmente destroçada?

- Socorro! – sussurrei e lágrimas rolaram pelo meu rosto, era um choro amargo.

Abracei meus joelhos e a dor se tornou insuportável, parecia que alguém estava apertando meu coração e como num flash a inconsciência me abraçou. Acordei no meio de um campo de trigo, o vento bagunçava meus cabelos e o sol me cegava. Com certa dificuldade avistei um rio de águas cristalinas, dei alguns passos em direção a ele.

- O que faz aqui minha jovem? – uma voz baixa questionou.

Virei-me para ver quem era o dono da voz, me surpreendi com o que meus olhos avistaram, era um jovem de pouco mais de vinte anos que vinha em minha direção.

- Sinceramente... Não faço a menor idéia... – respondi confusa.

- Alguém ouviu teu pedido de socorro... Hora de se libertar... Voltar a ser a pessoa maravilhosa que era... Ainda posso ver algo especial em seus olhos... – disse calmamente enquanto se aproximava de mim.

- Como você fará isso? – perguntei confusa e ao mesmo tempo desacreditada.

- Venha comigo... – disse e agarrou uma das minhas mãos.

Andamos por aquele campo até chegarmos à margem do rio. Naquele momento meus olhos deslumbravam a beleza daquele lugar, como algo tão belo pode existir? Encanto; acho que essa é a palavra para definir o que estava sentindo. Me virei e o encarei, meus pensamentos estavam confusos. Ele me olhou de uma maneira tão afetuosa, como se soubesse exatamente o que estava se passando na minha mente.

- Sei que você está dominada pelo medo, mas não pode deixar que ele te impeça de fazer o que você precisa fazer... Tua missão ainda não está acabada... Não é hora de desistir... Levante-se e encare o medo... Não penses que és fraca apenas por confessar que não tem mais forças para continuar... Isso é uma atitude nobre... – disse docemente.

- Mas...

- Não se deixe sobrepujar... Você só voltará a se reconhecer quando dominar o medo... Agora é hora de voltar à realidade... - disse e me empurrou para dentro do rio.

Acordei assustada, mas me senti diferente. A dor que me perturbava, agora já não tinha tanta força. Sentei na minha cama e comecei a pensar. O que significava aquele sonho? Como iria controlar o medo? Perguntei para mim mesma, entretanto ainda não tinha respostas. Resolvi ir tomar um banho para relaxar, afinal de cabeça quente não conseguiria pensar em uma solução sensata. Contudo as palavras que aquele rapaz me disse faziam algum sentido. Mas ainda não sabia exatamente qual, porém vou descobrir.

Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mas lembre-se:

✔ Identifique-se;
✔ Evite palavrões, educação é bom, bonito e todo mundo gosta;
✔ Estou aberta a todas as opiniões, mesmo que a sua seja uma crítica;
✔ Retribuirei qualquer comentário, se possuir blog;
✖ Não faça propaganda de seu blog, se quiser deixar o link, comente usando a opção Nome/URL ou com o seu OpenID.

Obrigada por comentar!!! =D



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Michele Design