Discutível Perfeição | Estórias, cotidiano, mulherzice e tudo que me intriga...: PÉS FRIOS

ÚLTIMOS POSTS









quarta-feira, 4 de maio de 2016

PÉS FRIOS


Suas mãos seguraram minha cintura com tamanha delicadeza, enquanto aproximava seu rosto do meu. A respiração descompassada revelava o nervosismo, um arrepio correu pela minha espinha. O que viria a seguir? Perguntei-me, mas não fiquei cozinhando as idéias pra descobrir. Aproximou seus lábios dos meus, os olhos elevaram-se para me decifrar, contudo apenas sorri. Então, sua boca tocou a minha. Beijou-me docemente, mas logo seus lábios se tornaram urgentes. Sua mão correu pelas minhas costas, enquanto a outra me trazia pra mais perto. Separou sua boca da minha, os lábios pousaram no meu pescoço. Outra onda de arrepios passou pelo meu corpo, senti o desejo crescer.

- Me faça sua... – sussurrei no seu ouvido.

Pela minha visão periférica vi um sorriso arteiro desabrochar em sua face, enquanto mordia a minha orelha. Meus dedos flutuaram até os botões da sua camisa, coloquei um a um pra fora da casinha, então tirei o tecido do seu ombro. Sua boca logo bloqueou a minha, suas mãos passearam pelas minhas costas. Nesse instante a porta se abriu, voamos cada um para um canto, assustados.

- Oie... Só queria perguntar... – começou a falar, mas logo parou – Ah... Acho que atrapalhei alguma coisa... – disse com a voz confeitada de culpa.

- Atrapalhou... – afirmou para o irmão.

- Ok! Eu volto outra hora... – informou.

- Não! Já que começou, termina... – disse chateada.

- É bobagem... – afirmou - Desculpe ter atrapalhado... – disse e fechou a porta.

Ele me encarou com o olhar recheado de culpa, deu um sorrisinho amarelo e suspirou.

- Que balde de água fria... – afirmei.

- Esqueci de trancar a porta... – confessou.

- Acho que estamos com os pés frios... – falei e cai na risada.

- Acho que sim... – articulou entre risos.

- Quer dar uma volta por ai? – investiguei.

- É uma excelente ideia... Quem sabe não aquecemos nossos pés... – ponderou com ares divertidos.

- Mas antes... – proferi - Me beija? – pedi.

Ele apenas sorriu aquele sorriso travesso e me beijou.

Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mas lembre-se:

✔ Identifique-se;
✔ Evite palavrões, educação é bom, bonito e todo mundo gosta;
✔ Estou aberta a todas as opiniões, mesmo que a sua seja uma crítica;
✔ Retribuirei qualquer comentário, se possuir blog;
✖ Não faça propaganda de seu blog, se quiser deixar o link, comente usando a opção Nome/URL ou com o seu OpenID.

Obrigada por comentar!!! =D



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Michele Design