Discutível Perfeição | Estórias, cotidiano, mulherzice e tudo que me intriga...: CASTELO DE LEGOS

ÚLTIMOS POSTS









quinta-feira, 17 de março de 2016

CASTELO DE LEGOS


De repente, ela olha no espelho e espreme os lábios. Sua respiração está acelerada, enquanto todo o seu corpo treme de raiva. O que ela mais temia, aconteceu. O que fazer a partir daqui?!

- Qual direção devo tomar?! - sussurou para si mesma.

Suas unhas perfuram a pele da palma da mão e, imediatamente, lágrimas quentes rolam bochechas abaixo.

- O que devo fazer? - sussurra novamente e despenca no chão, como uma fruta podre.

Sua cabeça estava uma perfeita confusão, daquelas que ninguém seria capaz de organizar. De repente a avenida de sonhos perdidos e desvairados se abre a sua frente, enquanto ela os recebe de braços e dentes afiados. A raiva da semana toda entorna em uma única tarde, e bem que lhe avisaram, que as melhores coisas já se apresentam com data de validade marcada.

Sua respiração esta pesada demais com o maremoto que se forma ao seu redor. Ela tenta se manter sã, porém a loucura a agarra por um momento. Sua alma grita dentro do seu corpo, não é um grito qualquer. É aterrorizante!!! Daqueles que nos assustam a meia luz. Instantaneamente, seus olhos se tornam felinos e ela mostra suas garras. Ninguém a tinha visto dessa forma. Mas, ela conhecia perfeitamente a garota que assumiu o controle. Como um retrato envelhecido de contornos controversos. Então, ela respirou fundo. De repente, seus punhos se armaram e ela começou a socar a caixa que a prendia. Sem se importar com a ideia de agradar ou incomodar os admiradores de seu nobre coração.

A violência com que seus golpes acertavam a caixa, era no mínimo perturbadora. Cada sonho pensado e minimamente calculado, começava a ruir numa sintonia absurda de sentimentos. Rasgando a tela de sentimentalismo barato que lhe foi vendida e adotada. A bela princesa que jurou jamais se deixar levar ou abater, não existia mais. O desejo de dar dois passos para trás é grande, porém o barulho da caixa se rompendo, lhe para. De repente, uma chuva de flocos de neve a atinge.

O ar frio enche seus pulmões, enquanto seus olhos fecham. Então, sem qualquer aviso, ela começa a rir. Como quem liberta os pulsos das amaras que a encurralaram no poço de abstinência incontida, a espécie daqueles que usaram para domar seu verdadeiro eu. E o riso, tão assombroso e horrendo como seu rosto, passa a ecoar pelas paredes e abismos, acordando o ser que acreditávamos não estar mais lá. E ele também lhe sorriu, como quem saúda a morte antes de um fim ou em tristeza absoluta, e mais uma vez ela jura "vai ser diferente". Mas, ele vos pede por sangue, cortes e arranhões.

Porém, algo acontece. Do peito da garota, começa a emanar uma luz. Aos olhos do monstro não parece grande, mas aos dela é a chama de uma esperança. Suas energias se concentram naquela pequena bola de luz, e tão logo, a masmorra implode. Então, seus olhos vislumbram a luz do sol. Que mesmo perdendo espaço entre as nuances da noite, renasce nas cores de um novo amanhã. E tudo que a assustou passa a ser transmutado em um horizonte de quebra-cabeças e soluções.

- É hora de construir meu castelo de legos... - sussurra para si mesma antes de bater a poeira dos ombros e saltar das ruinas do seu passado.
Este conto foi escrito em parceria com a minha amiga/irmã Allyne Araújo. Como sempre, quando sentamos para escrever, contos malucos aparecem. ¯\_(ツ)_/¯

Comentários do facebook
2 Comentários do Blogger

2 comentários:

  1. Eu sabia que esse texto pedia um grande momento. Fico feliz q seja esse! Obrigada pela honra de está aqui e pelas inspirações que nos surgem no caminho. Bjo mana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sabia que ele teria que ser usado em um bom momento...
      Que isso, Mana!!!

      Somos parceiras!!!

      Um beijo!!!

      Excluir

Mas lembre-se:

✔ Identifique-se;
✔ Evite palavrões, educação é bom, bonito e todo mundo gosta;
✔ Estou aberta a todas as opiniões, mesmo que a sua seja uma crítica;
✔ Retribuirei qualquer comentário, se possuir blog;
✖ Não faça propaganda de seu blog, se quiser deixar o link, comente usando a opção Nome/URL ou com o seu OpenID.

Obrigada por comentar!!! =D



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Michele Design